Entre em contato conosco:
+46 33-23 79 00
A nossa equipe de vendas pode ajudá-lo com o seu pedido e com suporte técnico. Aberto entre 7h e 16h.

O sopro de ar comprimido como uma forma de energia

Custos operacionais

 

O ar comprimido é produzido por um compressor que, na maior parte das vezes, é operado por eletricidade da rede pública de distribuição. Por exemplo, a indústria europeia utiliza 3% do seu consumo total de eletricidade para produzir ar comprimido. O consumo de eletricidade, que é a energia fornecida, responde pela maior parte, cerca de 70% do custo total da produção de ar comprimido ao longo de um período de dez anos. Outros itens de despesas são principalmente custos de investimentos, bem como revisão e manutenção.

Considerando que muita da energia fornecida é perdida através de vazamentos, calor e ociosidade, a eficiência de um sistema de ar comprimido oferece economias em potencial significativas. Perdas de 20 a 50% devido a vazamentos durante a operação regular de um sistema de ar comprimido são comuns.

O que o ar comprimido custa para você?

 

Como um ponto inicial e base para cálculos de preços e aquisições, frequentemente é importante conhecer custos específicos, como o custo do metro cúbico de água, de um quilowatt-hora de eletricidade ou o custo por quilômetro do transporte rodoviário. Porém, as pessoas raramente estão cientes do custo do ar comprimido. Estudos demonstraram que a maior parte dos tomadores de decisões não sabe quanto custa um metro cúbico de ar comprimido. Uma vez que o ar comprimido normalmente é produzido no local, e não por um fornecedor externo, não há uma forma de monitorar facilmente quanto ele custa.

Como podemos descobrir quanto custa o ar comprimido?

Leia mais

Medição do consumo de ar

Leia mais